Rua Brigadeiro Franco, 974 Curitiba, PR 80430-210
41 3322-9696 / whatsapp 99694-4948

Varicela

Varicela

A “Varicela”, conhecida como Catapora é uma infecção / virose causada pelo vírus Varicelazóster, da mesma família do Herpes (Herpetoviridae) é altamente contagiosa e responsável por epidemias sazonais em todo o mundo. Caracteriza-se por um quadro de lesões cutâneas acompanhadas de febre, mal-estar, perda do apetite e prurido (coceira) intensa.

Os sintomas aparecem após 20 dias que a pessoa teve contato com o vírus, manchas vermelhas que coçam muito, no formato de bolinhas de até 1cm, este é o principal sintoma e característica da Catapora.

Essas bolinhas surgem inicialmente na parte lateral do abdômen e depois do primeiro dia, elas se espalham e surgem no rosto, depois no couro cabeludo, pernas e braços, onde aparecem em menor quantidade.

Estas manchas se transformam em bolhas cheias de líquido, que depois de estourarem formam pequenas feridas, as quais formam uma casquinha e saram.

Das complicações possíveis, destacam-se as infecções bacterianas na pele que podem tornar enormes proporções, levando, inclusive, à necessidade do uso de antibióticos e em alguns casos internação.

Caracteristicamente, reduz em muito a imunidade do indivíduo e por isso pode facilitar a ocorrência de outras doenças infecciosa, para pessoas imunodeprimidas significa risco de morte. Em adolescentes e adultos, apresenta-se de forma mais grave, com sintomas mais intensos.

A transmissão ocorre por via respiratória, em gotículas de espirros, de tosse, pelo contato com as lesões avermelhadas (exantemas) ou pela conjuntiva do olho, multiplicando-se e disseminando pelo sangue, até a pele.

As “erupções maculopapulares” ou “exantemas” são seguidas de erupções vesiculoeritematosas muito pruriginosas (ou seja, pústulas que causam comichão).

Estas pústulas apresentam-se com base vermelha e cúpula transparente, os exantemas são mais frequentes na região torácica, mas podem aparecer em todo o corpo, incluindo no couro cabeludo e na mucosa oral.
Um paciente com Catapora começa a infectar outras pessoas cerca de um a dois dias antes das bolinhas vermelhas começarem a aparecer e continua infectando por cerca de cinco a seis dias até que todas as bolhas tenham formado cascas.

A transmissão também pode ocorrer durante a gestação (da mãe para o feto) causando complicações para ambos.

O vírus da catapora instala-se de forma latente no organismo, em gânglios nervosos que são próximos à coluna vertebral. No decorrer dos anos, pode ocorrer a reativação do vírus, ele poderá causar a “Herpes zoster”, mais comum no idoso. Ou seja, indivíduos que já tiveram varicela, após os 50 anos, devem tomar a vacina para proteger-se da Herpes Zóster e indivíduos que nunca contraíram a varicela, devem tomar a vacina contra a varicela, prevenindo a doença e também a futura Herpes Zóster.

A partir de 12 meses já pode realizar a vacina contra a varicela, podendo fazer a vacina Tetra Viral (Sarampo/caxumba/rubéola/varicela), ou então, a vacina da varicela separadamente. A vacina da varicela pode ser realizada em adultos para qualquer faixa etária.

Para pessoas que realizaram a vacina da Febre Amarela e ou vacina Triplice Viral, o ideal é respeitar um prazo de 30 dias entre estas, pois são vacinas atenuadas (vírus enfraquecido) devendo respeitar a regra, ou se faz no mesmo dia, ou intervalo de 30 dias entre elas.

Após receber a vacina, aguardar 3 meses para engravidar. Mulheres grávidas, ou com suspeita de gravidez, imunodeprimidos, não podem receber a vacina.

Conheça todas as Vacinas do Cevacine.

Confira também os sintomas e quando devem ser aplicadas.